Pense numa profissão “estranha”

Pense numa profissão “estranha”

A sociedade tem necessidades que precisam de ser preenchidas e é isso que gera oportunidades de emprego.

Educação, saúde, alimentação, transportes e comunicação são alguns exemplos das necessidades básicas dos seres humanos. Para que tudo isto esteja acessível, é necessário que existam profissionais a trabalhar nessas áreas.

Para além das necessidades básicas, existe um sem fim de exigências que muitas vezes são negligenciadas por quem está à procura de emprego.

Veja este pequeno vídeo onde explico como é que a minha “profissão estranha” me levou à criação de uma empresa de consultoria ambiental (NOCTULA – Consultores em Ambiente):

 

Aqui ficam alguns exemplos que, apesar de darem origem a profissões estranhas, constituem necessidades do mercado e por isso geram oportunidades de emprego:

Apanhador de bolas em lagos de campos de golf:


apanhador de bolas de golf profissões mais estranhas

Barbeiro de Burros:

profissões mais estranhas barbeiro burro

 

Criador de sanguessugas:

profissões mais estranhas criador sanguessugas

 

Designer de cuecas de homem:

profissões mais estranhas designer cuecas

 

“Empurrador de pessoas” no metro de Tóquio:

profissões mais estranhas empurrador de pessoas metr

 

Juíza de odores:

profissões mais estranhas juíza de odores

 

Limpador de dinossauros:

profissões mais estranhas limpar dinossauros

 

Provadora de ração para cães:

profissões mais estranhas provedora comida cães

 

Removedor de pastilhas elásticas:

profissões mais estranhas removedor de pastilhas

 

Juíza de camas em hotéis:

profissões mais estranhas testar colchões

O mercado é muito dinâmico e por isso também há determinadas profissões que vão “desaparecendo”.

Veja este pequeno vídeo que gravei durante uma conversa telefónica que tive recentemente sobre este assunto:

Sugestão de leitura: Which Job Would You Have Had in the 1920s? (Infográfico) de Rose Leadem, assistente editorial online na Entrepreneur Media Inc.


Fontes: Emprego pelo Mundo, Daily Mail, Globo

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Veja aqui a nossa Política de Privacidade.