Ideias para criar o seu endereço de e-mail (o que não deve fazer)

Ideias para criar o seu endereço de e-mail (o que não deve fazer)

Os recrutadores vão assustar-se quando virem o seu endereço de e-mail?​

Quando apresento o workshop “Como conseguir emprego em 30 dias”, há sempre participantes que me dizem que já enviaram várias candidaturas para empresas e não conseguiram obter qualquer tipo de resposta. 

Eu pergunto: Já tentou perceber porquê?

Muitas vezes poderá estar a assustar as empresas com algo tão “simples” como o seu endereço de e-mail.

Eu não vou partilhar aqui o endereço de e-mail que partilho no livro “Como conseguir emprego em 30 dias“. É muito mau! Se quiser mesmo saber qual é, sugiro que leia o capítulo 1 do livro.

Mas há muitos exemplos que são igualmente assustadores e que posso partilhar aqui consigo, para que perceba o que não deverá fazer quando estiver a escolher o seu endereço de e-mail… 😉

Veja o vídeo que preparei sobre este tema:

 

Quando decidir enviar o seu currículo (por e-mail) para se candidatar a uma vaga de emprego, ou no âmbito de uma candidatura espontânea para uma empresa onde gostaria de trabalhar, garanta que o seu endereço de e-mail é adequado e, acima de tudo, credível.

Já recebi candidaturas provenientes de endereços de e-mail tão despropositados como:

gatinha_assanhada@…

moranguinha.gostosa@…

perseguidor32@….

Estes endereços de e-mail podem ter muita piada… se você tiver 15 anos de idade!

Contudo, se enviar o seu currículo a partir de um endereço de e-mail do tipo perseguidor32@… o recrutador vai ficar a pensar: “Este candidato vai matar alguns dos meus colaboradores!”

Já me disseram várias vezes:

Oh Pedro, tu só dizes coisas ridículas!”

Sim, é verdade! Mas são estas coisas ridículas que obrigam os candidatos a pensar: “Ok, isto é parvo! Mas eu estou a fazer o mesmo… o meu endereço de e-mail é assustador!”

Acha que também poderá assustar os recrutadores com o seu perfil nas redes sociais?

Este é um dos temas que discuto no livro “Como conseguir emprego em 30 dias”.

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Veja aqui a nossa Política de Privacidade.