O que falta para conseguir o seu emprego de sonho?

image

É muito comum encontrar pessoas que passam a vida inteira num emprego que detestam, apenas porque têm medo de sair da sua “zona de conforto”. Esta é uma situação que acontece mais vezes do que se possa imaginar… e o maior problema é que na maior parte das situações, todos acabamos por viver numa situação idêntica sem sequer nos apercebermos!

Se não sabe o que realmente gosta e se não dedica algum tempo a pensar sobre o que pretende fazer na sua vida profissional, garanto-lhe que nunca se irá sentir verdadeiramente feliz e produtivo no emprego que tem atualmente.

Apesar de pontualmente termos que fazer coisas que não gostamos tanto de fazer, mas que têm que ser feitas para podermos avançar, eu defendo que:

Cada pessoa deve procurar fazer aquilo que realmente gosta!

Já expressei aqui a minha opinião sobre a diferença entre encontrar um emprego ou um trabalho mas, neste artigo gostaria de abordar algo que a maioria das pessoas se esquece quando está à procura de um bom emprego.

Veja se consegue responder, com facilidade, a estas questões:

  • Conhece-se verdadeiramente?
  • Sabe quais são os seus pontos fortes e quais os pontos fracos que necessita de melhorar?

Desconfio que muitas pessoas não conseguem responder prontamente a estas questões!

Antes de nos candidatarmos a um emprego, devemos refletir sobre as nossas capacidades, sobre os nossos pontos fortes e devemos estruturar a melhor forma de transmitir essas informações (ao recrutador) com clareza e auto-confiança.

Você até pode pensar que é fácil falar sobre estas questões mas, acredite em mim… muitos candidatos não sabem exatamente o que dizer sobre si próprios no momento da entrevista de emprego!

Há uma dica, da famosa autora e apresentadora americana Oprah Winfrey, que eu adoro…

Fale sobre as suas maiores paixões e pontos fortes a um dos seus melhores amigos. Depois, deixe que ele lhe conte uma história imaginária, sobre a sua vida, baseada no que você acabou de descrever.

Imagine que a sua grande paixão é cozinhar e que os seus principais pontos fortes são a organização e a criatividade. Partindo destes princípios, o seu amigo poderá contar uma história sobre como você “tem usado” essas capacidades para concretizar o seu sonho.

Você até pode ter potencial para ser um ótimo chef de cozinha mas, neste momento não tem coragem para tirar essa ideia do papel, certo? Ver determinados cenários de uma perspetiva diferente poderá ajudá-lo a dar esse passo!

Este exercício também poderá ser uma excelente forma de os seus amigos apresentarem algumas ideias que possivelmente você ainda nem tinha imaginado.

Por vezes, numa fase embrionária, as melhores ideias parecerem ridículas mas, com alguma maturação, podem acabar pode se tornar em negócios bastante rentáveis. Já pensou em como este exercício descontraído poderá ajudá-lo a encontrar a sua verdadeira paixão?

Este exercício, tão simples, mudou a minha vida…

É verdade! Foi com base neste exercício que deixei o emprego que tinha e criei o meu primeiro negócio (em 2009) em plena época de crise!

De facto, é um exercício tão simples e valioso que acabou por se tornar num hábito, sempre que estou com os meus melhores amigos. Inclusivamente, conto regularmente essas histórias num workshop que criei em 2017, com um nome bastante sugestivo: “As ideias ridículas que transformei em negócios” 🙂

Workshop As ideias ridiculas que transformei em negócios - Pedro Silva-Santos

Recentemente, descobri o novo cardhunt puzzleum excelente quebra-cabeças que nos mostra que até podemos ter as melhores cartas na mão, mas nunca venceremos se não conseguirmos encontrar a peça certa para completar o puzzle.

Na sua vida profissional, isso também pode acontecer… às vezes pode apenas estar a faltar-lhe a peça certa, a peça que permitirá alavancar a sua ideia de negócio e que o ajudará a concretizar o sonho que teima em manter “adormecido”.

O jogo é interessante mesmo que não queira criar a sua empresa mas esteja à procura de um novo emprego numa empresa que tanto admira.

No cardhunt, é preciso adquirir as cartas certas para completar o quebra-cabeças. Na vida profissional, a sua paixão e as suas capacidades (pontos fortes) são essas “cartas”… são as peças chave que deverá desenvolver e encaixar no perfil da empresa onde pretende trabalhar.

… e os pontos fracos?

Nunca se esqueça que um ponto fraco não necessita de se manter assim para sempre! Se, para trabalhar no que realmente gosta, necessita de melhorar uma fraqueza comprometa-se a dedicar o seu tempo até a transformar numa força.

Lembre-se: tem que estar disponível para viver e experimentar o processo de aprendizagem que lhe permitirá transformar as suas fraquezas de hoje em pontos fortes de amanhã.

Contrariamente ao que algumas pessoas gostam de dizer, eu acredito que ninguém nasce ensinado! Se se disponibilizar para aprender um pouco todos os dias, estará a trabalhar diariamente na melhor versão de si próprio… passado algum tempo, estará ao nível de um especialista!

Sim, é verdade!!! Já fiz tantas coisas na vida apenas por me ter disponibilizado a aprender. Sugiro que leia este artigo autobiográfico para perceber a que me refiro.

Veja igualmente este pequeno vídeo:

Se a sua maior fraqueza é a procrastinação, então coloque em prática um plano para se tornar a pessoa mais proativa e organizada que conseguir ser!

Independentemente do seu percurso profissional é importante que saiba onde é que as suas decisões o podem levar. Caso esteja a pensar em abrir um negócio próprio, é necessário equacionar os potenciais riscos envolvidos no investimento e ter um Plano B, caso a ideia não dê certo.

A mesma filosofia é válida para a procura de emprego

No livro “Como conseguir emprego em 30 dias”, defendo que antes de enviar o seu currículo deverá investigar as empresas às quais pretende candidatar-se… não queira vir a descobrir, mais tarde, algo que poderá ficar a saber já hoje, com um pouco de preparação!

Tenha sempre em mente que a empresa fará exatamente o mesmo exercício em relação a si e por isso, é importante verificar regularmente como está a sua presença na Internet para se certificar que está a passar a imagem correta aos seus potenciais empregadores.

Resumindo…

Conhecer os seus pontos fortes, trabalhar para melhorar diariamente os seus pontos fracos, descobrir o que é que o apaixona verdadeiramente e, conhecer bem a empresa na qual pretende trabalhar, são os principais passos que deverá colocar em prática no momento em que está à procura de um bom emprego.


Estas são algumas das questões que discuto detalhadamente no livro “Como conseguir emprego em 30 dias”.

livro-como-conseguir-emprego-em-30-dias

botao-compre-ja-livro-como-conseguir-emprego-em-30-dias

Primeiro Masterclass online
"EMPREGO 30 DIAS"
30 Dias | 30 Passos | 30 Atitudes
O que vai conseguir com este Masterclass?
1º - Aquele emprego (em 30 dias)
2º - Uma carreira de sucesso (em 30 passos)
3º - O estilo de vida que pretende (em 30 atitudes)
100% online - Sem Horários
... esta turma abre em breve!
Boas notícias! Pode guardar uma vaga na próxima turma.
Faça parte do meu grupo privado e receba conteúdos exclusivos por e-mail

Após o registo, todos os membros deste grupo recebem gratuitamente um modelo de currículo (editável em Word) e alguns capítulos (em PDF) do meu ebook "Como conseguir emprego em 30 dias".

Alguns dos vídeos que partilho regularmente nas redes sociais